O significado do Círio Pascal

C

CIRIO PASCAL

A palavra “Círio” vem do latim “cereus”, de cera. O produto das abelhas. O círio mais importante é o que é aceso na vigília Pascal como símbolo de Cristo-Luz, e que fica sobre uma elegante coluna ou candelabro enfeitado. O Círio Pascal é já desde os primeiros séculos um dos símbolos mais expressivos da vigília. Em meia á escuridão (toda celebração é feita a noite e começa com as luzes apagadas), de uma fogueira previamente preparada se acende o Círio, que tem uma inscrição em forma de cruz, acompanhada da data do ano e das letras Alfa e Omega, a primeira e a última do alfabeto grego, para indicar que a Páscoa do Senhor Jesus, principio e fim dos tempos e da eternidade nos alcança com força sempre nova no ano concreto em que vivemos. O Círio Pascal tem em sua cera incrustado cinco cravos, simbolizando as cinco chagas santas e gloriosas do Senhor na Cruz.

O mini-círio familiar é uma extensão do círio pascal paroquial, no qual deve ser utilizado entre família nos momentos especiais de oração, alegria, tristeza e agradecimento, sendo símbolo de presença de Cristo que abita no meio de nós! Que ilumina o caminho da igreja e de nossas famílias.

ORAÇÃO

“Ó Cristo ressuscitado, da morte vencedor, por tua vida e teu amor, mostraste a nós a face do Senhor. Por tua Páscoa o céu à Terra uniste e o encontro com Deus a todos nós permitiste. Por ti, ressuscitado, os filhos da luz nascem para a vida eterna e abrem-se para os que creem as portas do reino dos céus. De ti recebemos a vida que possuis em plenitude, pois nossa morte foi redimida pela tua e em tua ressurreição nossa vida ressurge e se ilumina. Volta a nós, ó nossa Páscoa, teu semblante redivivo e permita que, sob teu constante olhar, sejamos renovados por atitudes de ressurreição e alcancemos graça, paz, saúde e felicidade para contigo nos revestir de amor e imortalidade. A ti, inefável doçura e nossa eterna vida, o poder e a glória por todos os séculos. Amém!” FELIZ PASCOA

By |2021-04-05T09:00:05-03:0003/04/2021|Notícias Tabor da Esperança|0 Comments
X