Schoenstatt - Santuário Tabor da Esperança

(61) 3302-2103

(61) 99828-9800

contato@schoenstattbrasilia.org.br

Família: “fundamento e coroa”

Em tempos de pandemia a Família tornou-se, sem o ter desejado, o epicentro deste evento. Ao afastarmos o que é secundário emerge com mais força este “ente” até então relegado ao esquecimento.

A surpresa é algo inequívoco, ela existe, está aí e clama por cuidado. Como num passe de mágica, de repente estamos simultaneamente em casa: pai, mãe, filho e irmãos…E a tarefa de transformar este lugar em um lar, onde cada um é acolhido, valorizado e amado.

É sem dúvida o grande desafio deste tempo. Pessimismo e angústia a parte poderíamos dizer “santa pandemia”. Somos impelidos a questionar quem é esta que chamamos de Família, qual é sua função, pois gostamos de ser muito práticos e objetivos.

Pe. José Kentenich, fundador do Movimento Apostólico de Schoenstatt, trazia em seu coração o anseio de fundar uma comunidade que se ocupasse da formação da família. Em 1942, Deus lhe concede a oportunidade de realizá-lo. É no campo de Concentração de Dachau que conhece Dr. Kühr, sociólogo e político, e juntos fundam a Obra de Famílias em 16 de julho de 1942.

Prisioneiros no Campo de Concentração, era entendimento de ambos que a sociedade e o homem passavam por uma crise de valores. Em última instância a família é quem determina a sociedade. Dr. Kühr desejava uma sociedade conduzida por valores cristãos. Por outro lado, José Kentenich tinha o anseio de que a família tivesse o ânimo e a coragem para construir uma nova sociedade.

A família é para José Kentenich o fundamento e coroa da Obra de Schoenstatt. Entende que é por meio dela que Deus quer conduzir-nos. A Santíssima Trindade é família, sendo o homem sua imagem e semelhança é chamado a viver como tal. O fundamento é a família, assim expressa o Fundador: “a família é a comunidade básica e representa o ideal e modelo de qualquer outro tipo de comunidade. A família é o que existe de mais semelhante a Deus aqui na terra. ”

José Kentenich desenvolveu junto às famílias uma espiritualidade e ascese próprias para dar vida nova à Igreja e à sociedade. Na Obra de Famílias selamos uma Aliança de amor, no santuário de Schoenstatt, com Maria. A Mãe Três Vezes Admirável, a partir de seus santuários, quer educar-nos para sermos famílias amadas de Deus e colaboradores na construção de uma nova sociedade fundamentada no amor, pureza, liberdade, alegria, verdade e justiça.

“Salvai a família, custe o que custar”, fundamento e coroa, para José Kentenich renovando-a é assegurado o mais importante. Na pandemia esta realidade tornou-se mais premente, quer pensemos em homens novos, quer pensemos em uma nova sociedade na qual os homens sejam verdadeiros irmãos.

Eroni e Silvio Dala Rosa – Instituto de Famílias de Schoenstatt

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X