Convite a proximidade com Cristo

O que devemos, pois, fazer para chegar até Jesus? Com esta pergunta Pe. José Kentenich nos chama a fazer uma reflexão, neste momento que nos aproximamos da Quaresma. Com indicações simples para as irmãs de Maria de Schoenstatt em 1951. A mensagem do padre parece bastante atual para quem lê o livro Cristo minha vida – textos escolhidos sobre Cristo (1). Na palestra, porque não dizer, catequese, padre Kentenich dá pequenas indicações de como se aproximar de Cristo, através de alguns fatos e exemplos, como o do personagem bíblico Zaqueu (cf. Lc 19,1-10) (2), que não só subiu na árvore, mas também, correu à frente, deixou a massa e procurou um caminho para as alturas. “Se quisermos encontrar Jesus, devemos vencer em nós todo tipo de psicose das massas, e então, ficar solitários e ver essa solidão como uma grande união a dois”. (3)

A Quaresma é um tempo de conversão. Converter-se é mudar a ordem nas nossas prioridades, colocando Cristo em primeiro lugar. A conversão é diária e permanente, e sempre temos algo a mudar ou acrescentar em nossa vida. Precisamos dar passos de proximidade para com Cristo e assim ressuscitar com Ele na Páscoa.

Em sua mensagem para a Quaresma de 2017, o Papa Francisco fala que este período é o momento favorável para intensificar a vida espiritual através dos meios que a Igreja nos propõe; o jejum, a oração e a esmola. Na base de tudo isso está a Palavra de Deus, que somos convidados a ouvir e meditar com maior assiduidade neste tempo. (4)

 Na mesma palestra Pe. Kentenich convida também a nos aproximar de Cristo através da Liturgia, de um modo mais definido: “Na liturgia, Jesus entra em contato conosco de modo imediato. Por isso, todos os que têm uma forte tendência para Cristo, deveriam de um lado, crescer mais profundamente em Cristo, quer seja a partir de Nossa Senhora ou de Deus Pai…”

Aprendamos com o exemplo de Zaqueu que procurou se aproximar de Jesus, foi visto por Ele, e mais ainda, o levou para sua casa e para sua família. O Santuário Tabor da Esperança em seu retiro também faz um convite para que nos aprofundemos na literatura de Schoenstatt, como mais uma forma de se aproximar da Mãe de Deus e do Salvador e do carisma do movimento Apostólico de Schoenstatt. Abençoada quaresma a todos!

Roberto Gerardo do Nascimento.

Coordenador da CMPS, Vicariato Sul, Brasília.

Fonte:

  1. Cristo Minha Vida. Textos escolhidos sobre Cristo. Editora Pallotti.1997
  2. Bíblia Sagrada
  3. Idem 01
  4. 4.http://www.vatican.va/content/francesco/pt/messages/lent/documents/papa-francesco_20161018_messaggio-quaresima2017.html acessado em 10/02/2021 às 18h

 

By |2021-02-17T08:37:16-03:0013/02/2021|Notícias Tabor da Esperança|0 Comments
X