Aliança de Amor de casais da Liga de Famílias de Schoenstatt, do Grupo Aliança Viva.

Dia 10 de dezembro de 2020 foi uma data bastante especial para os seis casais de Brasília-DF que selaram Aliança de Amor como cooperadores da Liga Apostólica de Famílias de Schoenstatt.

A caminhada teve início em 2018, três anos atrás, com a formação de novos grupos da Liga de Famílias, que começaram os primeiros passos em Schoenstatt trilhando “O Caminho do Amor Sempre Jovem”, série de encontros e formações sobre um jeito novo de viver a vida matrimonial e familiar, assim como vivências e encontros sobre o Movimento Apostólico de Schoenstatt e sua proposta especial para as famílias deste novo tempo.

Em seguida, o processo de formação se aprofundou por mais um ano com a 1ª etapa dos itinerários da Liga de Famílias chamado “A Beleza da Vocação Matrimonial”, em que foi possível, de forma prática, construir um bonito projeto de vida matrimonial para as famílias, aprofundar o diálogo do casal em todas as suas dimensões, afetiva, racional, física e sobrenatural, além de conhecer mais sobre o Santuário, a Mae, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt e o Fundador da Obra de Schoenstatt, Pe. José Kentenich. Ao final desta etapa, reafirmou-se o compromisso rumo à Aliança de Amor.

O ano de 2020 começou com a preparação efetiva para a Aliança. O grupo foi batizado de Aliança Viva e seus integrantes já estavam bastante integrados à rotina do Santuário Tabor da Esperança, em Brasília-DF, participando, cada um segundo seu chamado interior, de atividades ligadas à liturgia das Santas Missas, da equipe do dízimo, colaborando nos eventos, encontros e retiros junto com os demais grupos. Foi concedido ao grupo uma imagem da Mãe Peregrina que passou a circular mensalmente entre as famílias, como nova corrente de vida entre todos. A formação seguia a 2ª etapa do itinerário da Liga de Famílias, “Família em Aliança”. No entanto, o ano de 2020 ainda traria muitas surpresas…

A pandemia mudou completamente as vidas de todos! A doença, o risco de contágio, a perda de tantas vidas, pessoas próximas e queridas e tantos desconhecidos que enlutarem o mundo inteiro transformaram a rotina de todas as pessoas. E também impactou a formação do grupo Aliança Viva. Num primeiro momento, missas e os encontros foram suspensos. Aos poucos, com o passar do tempo, novas formas de contato com o apoio das novas tecnologias foram estabelecidas e os encontros foram retomados de forma virtual. A partilha das experiências de cada família ajudou a formar um novo e forte vínculo para superar a situação que vivemos em meio à pandemia. E assim foi também para todo o Movimento, quando o Retiro da Liga de Famílias e até mesmo o Congresso de Outubro do Regional Sudeste, ao qual Brasília está vinculada, foram realizados com massiva participação de forma virtual também!

No decorrer do ano, o grupo Aliança Vivia se dedicou a um grande aprofundamento sobre a Aliança de Amor com a Mãe de Deus, o 18 de outubro de 1914, a história do Santuário e uma bonita vivência sobre a vida do Pe. Kentenich, que teve de ser adaptada para ser feita a distância e, entre outros livros e materiais de estudo, teve o filme-documentário “Álguem deve Ir à frente”. As exigências e promessas da Aliança de amor foram muito bem detalhadas com o testemunho do casal de membros da Liga de Famílias Neusa e Amaro e, por fim, já no início de dezembro, foi possível realizar um retiro presencial no Santuário Tabor da Esperança que finalizou a preparação para o momento tão aguardado!

Então, chegou o tão aguardado dia 10 de dezembro de 2020! Data especial que simbolizou a conquista dos casais do grupo Aliança Viva, mas também, por uma especial dedicação à Mãe de Deus também é a data que a imagem no Santuário Original foi coroada pela primeira vez em 1939 pelo Pai e Fundador da Obra de Schoenstatt, Pe. José Kentenich! A partir deste momento, a Família de Schoenstatt acrescentou o título de Rainha e passou a invocá-la como Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt!

E o Santuário Tabor da Esperança também foi dignamente preparado para esse momento! O grupo não mediu esforços, nem se deteve diante dos obstáculos e restrições da pandemia, para preparar uma linda festa para que cada casal recebesse a Mãe de Deus em seus corações! Desde a decoração da tenda para criar uma atmosfera adequada à participação numa Santa Missa especial para os casais, que foram conduzidos ao altar pelo casal dirigente de Ramo, Carla e Thalles, com a bandeira da Liga de Famílias de Schoenstatt, e puderam participar atentamente da celebração, que foi especialmente preparada para o tema, com uma homilia especialmente profunda, pelo celebrante Pe. Paulo Cesar Magalhães, PODP. Os filhos dos casais apresentaram no ofertório Pão e Vinho, o Capital de Graças de cada família e o símbolo que seria abençoado como sinal da Aliança de cada um.

Após a Santa Eucaristia, o celebrante Pe. Paulo e a assessora Ir. M. Clades conduziram os 6 casais em procissão até o Santuário. Lá, forma apresentados a todos pelo casal de dirigentes do grupo, Keliany e Caio. Então, seguindo o Rito da Aliança de amor, os casais Bruna e João, Denise e Michael André, Dyanne e Célio, Edilene e Sivaldo, Luciana e Emerson e Nelcy e José Luiz selaram sua Aliança de Amor com a Mãe de Deus como cooperadores da Liga Apostólica de Famílias de Schoenstatt! Foi um momento muito emocionante, bonito e profundo. Era verdadeiramente possível sentir a presença da Mãe de Deus no Santuário e no coração de cada consagrante, cada colaborador e em cada criança que esteve lá presente. Foi uma caminhada perseverante e muito gratificante para o grupo Aliança Viva, para o Santuário Tabor da Esperança e para a Liga de Famílias de Brasília!

Que nossa Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt continue a educar todos nós nesse novo ciclo que se inicia para as famílias do Grupo Aliança Viva!

Keliany e Caio Leite

Liga de Famílias de Schoenstatt / Grupo Aliança Viva

 

Alguns testemunhos dos casais do Grupo Aliança Viva:

 

“Para nós selar a aliança de amor é nos unir ao santuário e dar testemunho da providência divina em nossa vida.
Durante toda a preparação que realizamos para selar a aliança conseguimos sentir a presença da Mãe e toda a família foi envolvida nesta graça; Tem sido nítido as mudanças em cada membro da família, nos hábitos de oração, a proximidade e amizades com as filhas, um diálogo aberto sem medo de ser repreendido.
Almejamos desenvolver a Aliança de Amor vivendo a vontade de Deus, por meio da fé prática. Desejamos também, está ligados ao Santuário como família, integrando a comunidade fundada por nossa Pai Fundador Padre José Kentenich. Com isto, nos mantermos fiéis a uma entrega total a Mãe, “Tudo o que é meu é teu, não há nada do que é meu, sobre o qual não possas dispor. Consagro a ti todo o meu ser”.” (Casal Michael e Denise)

 

 

 

 

“Ela e nossa mãe e educadora, nos ensina a caminhar no teu amor. O nosso amor pela Mãe e Rainha é muito grande, estamos a disposição para servir naquilo que ela nos oferecer e pretendemos seguir nesta caminhada.” (Casal Sivaldo e Edilene)

 

 

 

 

 

 

“Selar a aliança de amor para nós foi uma vivência muito gratificante, pois agora temos a certeza de um vínculo eterno com a Mãe de Deus. Foram três  anos de conhecimento e amadurecimento do significado da aliança com a Mãe e Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt. Conhecemos o amor e o carinho que Ela tem para com as famílias e para aqueles que desejam manter os valores e princípios que provém de Deus.
Com esse compromisso, almejamos permanecer e aprofundar os conhecimentos desse movimento incrível que é  Schoenstatt e também procurar transferir esse conhecimento a outras pessoas.. servindo de forma concreta conforme o compromisso que assumimos.” (Casal Emerson e Luciana)

 

 

Para nós selar a Aliança de Amor com a Mãe significou um compromisso de amor com o Movimento Apostólico de Schoenstatt, uma nova Nazaré na nossa vida de casal e familiar. Esperamos que este selo fique gravado para sempre no nosso coração, como uma renovação de nosso batismo e de nosso juramento matrimonial. A Liga de Famílias de Schoenstatt nos proporcionou conhecer melhor os carismas do Movimento Apostólico de Schoenstatt, por meio da educação mariana, que nos faz sermos eficazes instrumentos nas mãos de Maria, incentivando o acolhimento de novas famílias, para que sintam a alegria de participar e viver este amor fraternal da Mãe. Diante desta realidade, em todos momentos de nossas vidas, a mãe se fez presente, nos preservando e nos livrando de muitas situações, que só ela seria capaz de fazê-lo. O amor de mãe, mestra e guia, sempre nos conduziu para escolhermos o melhor para nós como casal, bem como para nossas filhas e netos. Como disse nosso Pai e Fundador, Pe. José Kentenich, “o caminho pelo qual veio Deus a nós, é o mesmo pelo qual devemos ir a Ele, este Caminho chama-se Maria.”  (Casal José Luiz e Nelcy)

 

 

Veja mais fotos no Flickr

X