Schoenstatt - Santuário Tabor da Esperança

(61) 3302-2103

(61) 99828-9800

contato@schoenstattbrasilia.org.br

Abertura do Centenário da LAFs

A Liga Apostólica Feminina de Schoenstatt – LAFS celebra, neste mês de agosto, a abertura do Ano Centenário Internacional da fundação do Ramo.

Em Brasília, o grupo se reuniu para comemorar os 21 anos da implantação do Ramo no Distrito Federal, e abriu, solenemente, o Ano Centenário Internacional do Ramo, unindo-se a corrente de aspiração de todos os Regionais do Brasil. Este dia iniciado com uma hora de Adoração Eucarística no Santuário e a bênção do Santíssimo Sacramento, seguido de reflexão e aprofundamento, convivência fraterna, foi muito importante para aprofundar e fortalecer a consciência de chamado e pertença, reavivando a missão de anunciar a dignidade feminina na no mundo da família, trabalho e sociedade dos dias atuais em que a mulher ainda luta para encontrar sua identidade e vocação.

Este acontecimento histórico é muito significativo para a Obra de Schoenstatt, pois marcou o início da participação do ramo

feminino no Movimento Apostólico de Schoenstatt.  Das raízes do 18 de outubro de 1914, em que foi selada a Aliança de Amor entre o Pe. José Kentenich e um grupo de congregados marianos com a Mãe de Deus, surge o Santuário, que, no decorrer da história, se torna a fonte de graças e de espiritualidade da Obra de Schoenstatt. Em 20 de agosto de 1919, com o término da primeira guerra mundial, um grupo de jovens organiza um Congresso em Hoerde, na Alemanha, dando início ao Movimento Apostólico de Schoenstatt, como associação laical na Igreja. Em breve, comemoramos os 100 anos deste acontecimento.

No ano seguinte, em agosto de 1920, as primeiras mulheres iniciaram sua participação no Movimento, que tinha como meta tornar-se um “movimento de educadores e de educação, escola de apóstolos leigos, comunidade mariano-apostolica”. O Fundador, Pe. José Kentenich, disse mais tarde, contemplando o desenvolvimento: “A Mãe de Deus queria incorporar o mundo feminino ao Movimento, à missão de Schoenstatt… Se, de Schoenstatt, deve partir grande renovação do mundo, então, também o mundo feminino deve nele receber lugar, de modo semelhante como na Obra da Redenção.

Qual é o programa? É o proposto pelo Pe. Kentenich desde o início de sua atuação: ”Sob a proteção de Maria, queremos aprender a educar-nos a nós mesmos, como personalidades livres, caracteres firmes e sacerdotais… Trata-se de um grande programa de auto-educação para o ideal do ser humano autêntico e interiormente livre.”

No decorrer da história, o Ramo feminino se consolidou dentro da Obra Internacional de Schoenstatt como

  • LIGA APOSTÓLICA FEMININA – LAFS
  • UNIÃO APOSTÓLICA FEMININA
  • INSTITUTO DAS SENHORAS DE SCHOENSTATT
  • IRMÃS DE MARIA DE SCHOENSTATT
  • JUVENTUDE FEMININA DE SCHOENSTATT – JUFEM

O grupo da LAFS – Liga Apostólica Feminina é formada por jovens solteiras profissionais, universitárias a partir dos 25 anos de idade, ainda não casadas. Informações pelo telefone: (61) 99642-2015 ou 3302-2103

Mais informações na secretaria do Santuário ou no site:

www.schoenstattbrasilia.org.br

facebook.com/tabordaesperanca

www.schoenstatt.org.br

Fonte bibliográfica das citações: Manual do Secretariado da Liga Apostólica Feminina – Atibaia/SP

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X