Schoenstatt - Santuário Tabor da Esperança

(61) 3302-2103

(61) 99828-9800

contato@schoenstattbrasilia.org.br

Sem categoria › 07/10/2019

7 de outubro – Nossa Senhora do Rosário

Lucas Corrêa – Hoje, dia 7 de outubro celebramos a Festa de Nossa Senhora do Rosário. Ela foi instituída pelo Papa Pio V em 1571, quando celebrou-se a vitória dos cristãos na batalha naval de Lepanto. Nesta batalha os cristãos católicos, em meio a recitação do Rosário, resistiram aos ataques dos turcos otomanos vencendo-os em combate.

Rosário significa “coroa de rosas”. A origem é mais antiga do que a Festa de Nossa Senhora do Rósário, conta-se que os monges usavam pedrinhas para contar o número das orações vocais. Desta forma, nos conventos medievais, os irmãos completavam suas práticas de piedade com a recitação do Pai-Nosso. Tempos depois, Doutor da Igreja São Beda, havia sugerido que colocasse vários grãos enfiados em um barbante.

Pe. José Kentenich nos convidava a rezar e viver o Rosário em união com Maria, em Aliança com ela. Com o rosário, ensinou-nos a coroar a Mãe de Deus, todos os dias, e oferecer-lhe essa coroa de amor e de vida na fonte de graças do Santuário, para ajudá-la a renovar o mundo. Ele dizia em uma de suas palestras no ano de 1953: “O Rosário será o nosso breviário de família! Pelo fato de sermos uma família de Schoenstatt, assumimos, em certo sentido a obrigação: nenhum dia sem rosário, o breviário da família.”

A celebração de hoje convida-nos à meditação dos Mistérios de Cristo, os quais nos guiam à Encarnação, Paixão, Morte e Ressurreição do Filho de Deus.

Mistérios Gozosos nos quais se contemplam a anunciação do Anjo a Maria; a visita de Maria a sua prima Isabel; o nascimento de Jesus em Belém; a apresentação de Jesus no templo; e Jesus perdido e achado no templo entre os doutores da lei.

Mistérios Dolorosos nos quais se contemplam a agonia de Jesus no Horto das Oliveiras; a flagelação de Jesus; a Coroação de Espinhos; Jesus carrega a Cruz até o Calvário; a Crucificação e morte de Jesus.

Mistérios Gloriosos nos quais se contemplam a Ressurreição de Jesus; a sua Ascensão ao Céu; a vinda do Espírito Santo Sobre os Apóstolos e Maria; a Assunção de Maria ao Céu; a coroação de Maria.

Mistérios Luminosos foram escritos pelo próprio Papa João Paulo II, em sua carta apostólica, Rosarium Virginis Mariae, no ano de 2002. Nestes mistérios contemplam-se toda a Vida pública de Jesus: o Batismo no Rio Jordão; o Milagre nas bodas de Caná; a proclamação do Reino do Céu e o convite a Conversão; a Transfiguração de Jesus no Tabor; a Instituição da Eucaristia.

Até hoje, essa grinalda de 200 rosas é rezado praticamente em todas as línguas, e o saudoso Papa João Paulo II e tantos outros Papas que o precederam recomendaram esta singela e poderosa oração, com a qual, por intercessão da Virgem Maria, alcançamos muitas graças de Jesus, como nos ensina a própria Virgem Santíssima em todas as suas aparições.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

X